Páginas

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Quem nunca fez uma dieta maluca, atire a primeira pedra!

Eu tenho uma grande experiência com dietas. Já fiz de tudo para emagrecer. A primeira que fiz foi aos 15 anos. Era uma dieta macrobiótica: só comia alimentos integrais, algumas combinações específicas (tipo peixe + salada de repolho), e com um cardápio pronto para a semana. Um mês inteiro sem comer carne vermelha. Funcionou, em dois meses emagreci 8 kg e mais 6 kg a menos em 4 meses. O complicado foi que quando parei com a dieta não queria mais nem ver arroz integral nem salada de repolho com uvas passas. Mantive o peso conquistado na adolescência por alguns anos.

Passei no vestibular, passei em um concurso. Estudava e trabalhava e o tempo para comer foi ficando cada vez mais escasso. Pulava o café da manhã, comia um chocolate no intervalo das aulas, comia um sanduíche de qualquer coisa de almoço e ia para o Banco trabalhar. Resultado: 10 kg a mais em menos de um ano e um buraco no esôfago. Procurei um gastro para tratar do buraco do esôfago que eu já tinha há alguns anos e que piorara muito em função da minha rotina de trabalho/estudo. Resultado 2: encaminhamento para a nutricionista e um corte radical em tudo: comida codimentada, frituras, chocolate, refrigerante, café e frutas ácidas. Eu tomava uma garrafa de café por dia.

Emagreci novamente e mantive o peso até me mudar para o Rio Grande do Sul. Saudades de casa, porções fartas, dinheiro a mais. É impressionante o tamanho das porções que as pessoas comem lá, um Xis (para quem não conhece, é o mesmo que hamburguer) é do tamanho de um prato de sobremesa. E tem Xis de tudo: coração de galinha, frango, pernil e por aí vai. A pizza tamanho família alimenta a minha família e mais outra. Fora os churrascos, tudo é motivo para um. E tudo isso sempre bem acompanhado de um chopp ou de uma taça de vinho (ou de uma garrafa inteira).

E no inverno? Se a preguiça de fazer exercício já é grande normalmente, imagina num frio de rachar! Tinha final de semana que eu não punha os pés para fora de casa para nada. Se quisesse comer algo dferente, tinha que pedir tele-entrega.

E para que vocês não tenham a equivocada impressão de que gaúcho só tem maus hábitos alimentares, saio em defesa: eles comem muita salada, sempre.

Porém eu gosto de comer e essa orgia alimentar me fez ganhar alguns quilinhos que emagreci rapidamente e voltei a ganhá-los mais rápido ainda.

Em seguida, descobri que estava com toxoplasmose ocular. Tive que tomar corticóides orais por alguns meses. Engordei mais ainda. E isso é muito controverso: tem médico que diz que corticóide não engorda, tem médico que diz que engorda muito. Fico com a segunda opinião, afinal de contas, quem engordou fui eu.

Nesse meio tempo, casamento. E isso de fato engorda. Você junta os seus maus hábitos alimentares com os maus hábitos de outra pessoa. Tudo é motivo para comemorar e até hoje não vi ninguém comemorar nada com salada. Outros quilinhos ganhos.

Depois de tudo, sem emagrecer nada do que havia ganhado, engravidei. Graças a Deus minha pressão não subiu, não tive diabetes gestacional, nem nenhum outro problema. Dos quilos ganhos na gravidez, depois de quase um ano do nascimento da minha filha, só havia emagrecido cinco. E quando você está grávida tudo é lindo. Porém depois que o motivo de tanta lindeza sai de dentro da sua barriga, você se descobre horrível e gorda.

Já fiz dieta da sopa (por dois dias, nunca conheci alguém que a tenha levado a cabo), da fruta (pode-se comer um único tipo de fruta por dia, promete emagrecer e desintoxicar, e no final de uma semana tinha engordado 1,5 kg). Já contei pontos, notas e todo o resto. Só emagreci quando resolvi levar a sério a dieta, procurei um endocrinologista e uma nutricionista e resolvi mudar meus hábitos de uma vez por todas. Eu não queria mais ser gorda e não queria que minha filha tivesse uma influência tão ruim. E já estou nessa longa caminhada há um ano e dois meses. Nesse caminho já deixei 21 kg, para sempre. Agora estou fazendo Vigilantes do Peso e recomendo, é muito bom.

E hoje estou muito feliz, pois hoje estou a 4 kg para deixar de vez o sobrepeso para trás e a 8 kg da minha meta final. Parecia muito longe, mas estou chegando lá.

E quem duvidar que consegue emagrecer, pode ter certeza que consegue, basta querer. E se a gente consegue fazer tantas loucuras, como ficar uma semana inteira tomando uma sopa horrorosa ou comendo apenas frutas, por que é tão difícil comer certo?

18 comentários:

Anônimo disse...

Também já fiz de tudo, mas até aqui nada deu certo. To no efeito sanfona há anos. Sei tudo o que tenho que fazer, tudo o que devo comer e até consigo por um tempo; mas do nada volto a me alimentar erradamente.

Já fui ao endócrino, a nutri e até numa psicóloga... mas falta algo que ainda não sei bem o que é.

Obrigada pela força, pensarei em tudo o que falou.

Beijos.

Daniela Figueiredo disse...

Que bom que tu estás conseguindo chegar na tua meta! Na adolescência eu sempre fui magrela, chegava a ser corcunda! Mas com a faculdade, época de festas e de barezinhos, engordei 9 quilos. Fiz a dieta da sopa (aguentei menos tempo que tu: meio dia), fiz a dos pontos e emagreci. Mas não era um emagrecimento saudável, eu não comia fruta, nem saladas, para poupar pontos. Preferia gastá-los com besteiras. Depois passei no concurso, mudei-me para a Capital, longe da família e dos amigos, engordei tudo de novo. E fiquei acomodada por um tempo, sabia que estava gorda, mas estava bem comigo mesma. Até que um dia resolvi mudar, mas não estava com aquela vontade para emagrecer, acho que queria fazer algo para sair da rotina. Procurei um endocrinologista (ele escreveu o livro Coma de Tudo Sem Comer Tudo)e fiz uma reeducação alimentar. Criei o hábito do café da manhã, das frutas (essas nem tanto, deveria comer mais), das saladas, e evito as besteiras, essas, só final de semana, e sem exageros. A dieta não funcionou no começo, então o médico mandou eu fazer uma bateria de exames para ver o que estava errado. A tireóide estava normal, mas a prolactina estava disparada. Ela é aquele hôrmônio da gravidez, que faz com que a mulher produza leite e crie aquela gordura na barriga para proteger o bebê. A causa? Um tumor na hipófise, o tratamento era com um comprimido diário, e não podia beber álcool. Em um mês, sequei. Apareceu o esforço que fiz com a dieta que não estava dando resultado e o Pilates, que fazia há uns 6 meses. A minha barriga sumiu! O tumor desapareceu depois de um ano. Agora me acostumei a comer pouco, não sinto necessidade de comer muito. Perdi o gosto pela fritura, mas tem exceção: não dispenso uma mandioca frita!
O problema é que meu endócrino se aposentou, então não tenho nenhuma desculpa para sair deste meu novo hábito alimentar. O melhor é continuar assim, que estou no bom caminho.
Boa sorte na dieta, e que tu chegues logo ao peso ideal!
Beijos.

Daniela Figueiredo disse...

Ah, e realmente, acho que o Rio Grande do Sul faz o melhor xis e a melhor pizza! Estranhei uma vez que pedi um xis salada em Santa Catarina, e veio tão sem graça, do tamanho daqueles lanches do McDonalds! Bjos.

Eugenio Hansen, OFS disse...

Paz e bem!

Kika:

Esquecestes da característica fundamental do X:
É um hamburguer que leva
queijo !!!

ana isabel disse...

OI Kika

Eu tambem tenho problemas de peso, mas nao me preocupo muito (pelo menos assim evito o efeito-sanfona).
Emagreci muito depois do parto do Zeze (20 kilos), mas as vezes eles voltam. Descobri que o meu problema sao os lanchinhos da tarde, que estou diminuindo ou procurando trocar por coisas mais saudaveis, mas nao posso parar senao fico muito tempo sem comer é um problema de metabolismo tambem.
Quanto aos corticoides, eles tambem me engordaram, tomei quando tive um problema no pulso (tendinite).
Quanto as nossas porcoes aqui no Sul, sao realmente grandes, voce chegou a provar a Superpizza? È uma pizza com 50 cm de diametros. Eu e o Eugenio levavamos dois dias para come-la inteira.
Um abraço

Isabel

renata teixeira disse...

Oie! Também já fiz mil e uma dietas malucas. Também fiz V.P. na adolescência e adorei, mas como eu te falei não dá pra sair daqui pra ir fazer em outra cidade. Já pensei em comprar o programa pela net, mas acho que comigo não funciona, o que mais gostei na época e o que eu aco que mais me ajudou, foram as reuniões, conversar com as pessoas, compartilhar os mesmos problemas e principalmente o compromisso de mostrar todas as semanas que eu havia eliminado peso. Se tivesse aqui no Gama eu seria a 1ª a me inscrever.SUGERE LÁ ISSO NO SEU GRUPO RSRS. Acho esse o melhor método. Bjão

Kika disse...

Oi amiga... fiquei muito feliz com o seu resultado... o meu já não foi bom assim!!
Logo vc vai deixar esses 8 kg restantes para trás e se tornar magra para sempre...
Chega de dietas malucas, né?? Com a RA o peso perdido não volta mais...
Estamos no caminho certo!!
Tenha uma ótima quinta!!
Beijos
Kika

Pri - de Lacinho disse...

Oi Kika!
Adorei seu comentário no meu blog (já estava até deitada, mas quis responder hoje mesmo :D) e adorei mais ainda o seu blog! :D

Ah vc falou que tem Xis de tudo né, e aliás tem o Xis-Tudo, hahhaha. É uma doideira... vem calabresa, frango, hamburguer, bacon, queijo, presunto, até ovo! :D

Ah e casamento engorda mesmo, fato. Ainda não casei, mas eu e meu noivo engordamos depois que começamos a namorar... parece que tudo é festa né? E sem pai e mãe por perto, parece que podemos comer o que quisermos, não precisamos mais ser certinhos... meio por aí, de doidos mesmo, hahahaha

Dei muita risada também que vc disse que se pesa com roupa, sem roupa, depois de tomar água, kkkkkk, ainda bem que não sou doida sozinha! :D

Parabéns por já ter eliminado tanto peso, muito legal!

bjosss

Eugenio Hansen, OFS disse...

Paz e bem!

Pri - de Lacinho:

Xistudo só vim a conhecer em Goiania,
mas lá tinha o nome de Xisbagunça.
Xistudo levou alguns anos pra chegar à Porto Alegre.

Valquiria disse...

Oi Kika meus parabéns pelos 21kg exterminados!!! Adorei seu post saio daqui carregada de aprendizado pode ter certeza que ajudou e muito! adorei essas parte:
"E se a gente consegue fazer tantas loucuras, como ficar uma semana inteira tomando uma sopa horrorosa ou comendo apenas frutas, por que é tão difícil comer certo? "
beijos

Kika disse...

oi queridona... toh ruim, ruim, ruim... só quero a minha cama e um colo e mais nada!! rsrsrsr...
Tenha um ótimo final de semana!!
Beijos
Kika

@ Patty @ disse...

Oi Kika,
Que bonita sua história e mais legal ainda que vemos que ela vai ter um final mega feliz.
Eu nunca fui de fazer dietas malucas, mas tomei muito remédio na tentativa frustrada de emagrecer. Claro que não deu certo, rs.
Vamos em frente querida, o peso que estamos eliminando agora é pra sempre!
Bom domingo
bjinhos

Vítor Andrade disse...

E conte sempre comigo estarei sempre ao teu lado!!!!!!

Kika disse...

oi meu bem... estou numa maresia danada essa semana!! eitaaa!! rsrs...
tenha uma ótima sexta!!
beijos
kika

Kika disse...

Oi queridona... novembro começouuuuu!! vamosquevamos rumo ao verãoooo!!
tenha uma ótima semana!!
beijos
kika

Pri - de Lacinho disse...

Oi Kika,
vim te desejar um excelente mês de novembro!
bjosss

* Aline Virtus * disse...

Que legal esse depoimento, viu? Você é vitoriosa! Vim te ver e você está sumidinha... volte, volte, volte! :) Bjs

Rogerio Freitas Filosofia disse...

Hum!
é uma batalha diaria mesmo.
Mas, Kika, eu tento, como voce, colocar uma sitonia na cabeça e no corpo.
No fim, uma felicidade com o que é, é fundamental. Isso resplandece em voce!