Páginas

sábado, 15 de agosto de 2009

Gripe Suína

Acho que se Arnaldo Antunes escrevesse o Pulso hoje, com certeza estaria lá a temível gripe suína. Eu sei, há gripe na letra, mas não a suína, aquela que tem tirado o sono de tanta gente.
Houve e ainda há doenças mais terríveis e mais mortais. Mas o que mais assusta da gripe H1N1A é que não é necessário ter nenhum comportamento de risco para ser contaminado: você não precisa deixar pneus emborcados ou garrafas acumulando água da chuva, você não precisa ter relações sexuais desprotegidas com diferentes parceiros, você não precisa morar no meio do Amazonas, nem beber água contaminada! Basta sair de casa! E caso você não saia, talvez o vírus, ainda assim, venha até você.

Outras doenças gravíssimas do passado já não assustam mais quem tem menos de 30 anos. Há vacinas para quase todas, veja, inclusive para a meningite. Tem vacina para a influenza comum, para o sarampo, para o tétano.

Há um e-mail circulando pela internet dizendo que os fabricantes do Tamiflú estão por traz do alarde ocasionado pela gripe suína, que eles têm promovido a divulgação da pandemia com o intuito de obter lucros. Pode ser verdade, não pode? Na verdade, todo mundo está querendo lucrar. O álcool em gel, por exemplo, que antes do pavor tomar conta dos noticiários e das pessoas, era vendido a R$ 3,50, o vidro com 500 ml. Agora, está sendo vendido a R$ 10,00, isso quando você encontra para comprar. Um vidrinho de álcool, com no máximo 50 ml, com hidratante e fragrância, custa entre R$ 5,00 e R$ 10,00.

As pessoas estão deixando de sair, de se abraçar, de apertar as mãos com medo da nova gripe. Eu também tenho medo, mas não vou deixar de trabalhar, sair de casa, ou de mandar minha filha para escola por causa da gripe. Não vou deixar de viver por medo. Acho que tenho mais medo de assalto e de andar de elevador.

Não vou deixar de sair de casa, mas vou com meu vidrinho de álcool em gel na bolsa, afinal de contas, é melhor prevenir... E se eu gripar, quero meu Tamiflú, não quero nem saber de quem é o lucro!

3 comentários:

Daniela Figueiredo disse...

Pois é, no momento estou visitando a minha mãe, em São Gabriel/RS, onde já morreram seis pessoas. Fico pasma que, em pleno 2009, pessoas morram de gripe. Dizem as estatísticas que a gripe comum mata mais, mas não é comum vermos acontecer com pessoas jovens ou grávidas. Comprei o álcool gel da Panvel, custou 15 reais, e máscaras (mas não a usei por não achar necessário). Caro, para um produto de utilidade pública. Não deixei de sair e nem de abraçar as pessoas, acho que temos que nos prevenir, mas sem exageros. O incômodo é que ficamos com receio de tossir ou espirrar, que todo mundo já olha com cara de desconfiança. Vamos torcer que tudo isso seja bem administrado, para que ninguém fique sem atendimento médico e o Tamiflu.
Beijos, escreves muito bem!

Kika disse...

Isso que mais me preocupa, a incerteza se, caso venhamos a contrair a gripe, receberemos o tratamento adequado...
E obrigada pela visita! Boas férias em São Gabriel. Eu fiquei com medo de ir para Porto Alegre em julho, além do inverno rigoroso, havia o medo da gripe suína.

Vítor Andrade disse...

Acredito que a gripe é uma verdadeira enrolação, mas é bom se previnir, o governo desencontra os dados, além de ser uma outra forma de superfaturar em cima de medicamentos, depois que o surto passar veremos o estrago que ele fez nos cofres públicos.

A fome e a pobreza matam muito mais que a gripe no mundo e nem por isso a fome foi exterminada. Um tamiflu que custa R$100,00 ou 200,00 reais o governo vai comprar por 400 ou 500, quem trabalha no setor público sabe do que eu estou falando, engraçada que não se comenta a respeito da gripe suíno em Cuba, por que será?

Espero que o mundo se acalme com a gripe e levante a bandeira para acabar com outros males.